Carro de filme será leiloado, mas e a BMX do ET?

Arte promocional da Kuwahara ET, febre nos anos 80 nos EUA.

Fabio Riesemberg

Amanhã será leiloada uma réplica do carro maluco guiado por Marty McFly, personagem vivido pelo ator Michael J. Fox, no inesquecível filme “De Volta Para o Futuro”, em  1985. O que for arrecadado com o DeLorean será doado para a entidade beneficente Variety -T he Children’s Charity of Southern California e à fundação Team Fox, dedicada ao estudo do mal de Parkinson, criada por Fox, que sofre da doença. Muito louvável, mas alguém já ouviu falar que a bicicleta usada em Butch Cassidy & Sundance Kid, com Robert Redford e Paul Newman seria leiloada? Alguém ouviu falar que a bicicleta BMX (da japonesa Kuwahara) da antológica cena do menino voando junto com o E.T., de Steven Spielberg, serviu para alugma coisa? Pode ser que elas tenham sido. Mas aí está a nossa cultura do automóvel até ajudando gente doente, que precisa de assistência.

Se serve de consolo o internauta pode ficar sabendo que as Kuwaharas de  E.T. foram especialmente encomendadas pela produção de Spielberg para o filme campeão de bilheteria de 1982. Na época o diretor notou que havia uma porrada de crianças andando por aí com suas BMX e decidiu por filmar algumas sequências com a garotada pedalando.  Ele mandou ligar para Osaka, no Japão e encomendar 40 bicicletas. O japonês que atendeu a ligação achou que era um trote e desligou na cara do produtor. Mas, no dia seguinte, foi até constrangedor quando ele teve que ligar de novo para confirmar o pedido e foi encaminhado para Howie Cohen, da Everything Bicycles, distribuidora da Kuwahara nos Estados Unidos.  Depois de sentarem à mesa para discutir, foi definido o design da hoje clássica Kuwahara ET branca e vermelha e mais  dois modelos semelhantes.  Após o fechamento de um contrato de licenciamento entre a Universal Studios, a Everything Bicycles e a Kuwahara, começou-se a produzir em massa as BMX que seriam as famosas coadjuvantes do filme.

Aqui em Curitiba, eu lembro bem, ali entre a turma da Rua Pasteur, a patotinha da qual eu fazia parte, a maioria não tinha dinheiro pra ter uma  bike dessas. Mas era a maior febre das Caloicross, Caloicross Extra Light e Extra Nylon, que imitavam as magrelas americanas. Alguns ali da turminha tinham Kuwaharas ou Red Lines, mas eram poucos, com pais mais endinheirados. Bons tempos. Na época eu tinha minha Caloi 3, uma versão menor da speed Caloi 10, mas meu negócio era pilotar minha Garelli Katia, motoneta que praticamente era uma bicicleta com motor e dava mais oficina que prazer. Hoje vejo quanto tempo perdi montado nela enquanto poderia ter pedalado mais. Enfim, decidi escrever esse post quando vi, no Twitter, a história do leilão do DeLorean que acontece amanhã. Na hora isso me lembrou da BMX do E.T. e resolvi pesquisar. Espero que eu tenha trazido à tona boas lembranças ao leitor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s